Alunos da Ufba e Uneb poderão cursar disciplinas em ambas instituiçõesBahia    Imprimir

31/12/2016 23:59
Alunos da Ufba e Uneb poderão cursar disciplinas em ambas instituições
Edital com a relação das vagas disponibilizadas pelos colegiados dos cursos deve ser publicado neste primeiro semestre

Edgar Digital Ufba 2 comentrios          

A partir do primeiro semestre de 2017, que tem início em 8 de maio, alunos de graduação da Universidade Federal da Bahia (Ufba) poderão cursar disciplinas e outros componentes curriculares na Universidade Estadual da Bahia (Uneb), e vice-versa.

Um convênio assinado dia 20 de dezembro, entre as duas instituições, sacramentou a possibilidade. A expectativa é que, já no início deste ano, seja publicado o primeiro edital com a relação das vagas disponibilizadas pelos colegiados dos cursos. 

Para se beneficiar da mobilidade estudantil os alunos de graduação devem ter integralizado todos os componentes curriculares e/ou disciplinas previstas para o primeiro ano ou 1º e 2º semestres letivos do curso ao qual estão vinculados na instituição de origem. Os discentes deverão atender também aos requisitos estabelecidos em editais específicos que serão lançados no semestre imediatamente anterior àquele em que efetivamente ocorrerá a mobilidade.

Na solenidade de assinatura do convênio, na reitoria da Uneb, no Cabula, o reitor da Ufba, João Carlos Salles, ressaltou a relação de cooperação existente entre as duas instituições, e que se expressa, por exemplo, na aproximação de grupos de pesquisa e coautoria de livros. Salles enfatizou o significado do acordo com uma universidade marcada pela capilaridade, presente em diversos municípios do estado da Bahia, o que amplia as possibilidades da formação acadêmica dos estudantes. “Reafirmamos o nosso compromisso em defesa de uma educação pública gratuita e de qualidade”, disse.

O reitor da Uneb, José Bites de Carvalho, disse que a parceria qualificará ainda mais o trabalho de ambas instituições de ensino superior. Ele destacou o caráter de universidade matriz da Ufba que, por sua força e tradição, “serve como referencial para todas as demais”. Carvalho indicou sua intenção de promover um programa de mobilidade estudantil similar para alunos de pós-graduação.

“A educação superior tem se caracterizado por programas de mobilidade, seja em nível nacional ou internacional, que possibilitam o contato (dos estudantes) com professores e pesquisadores de outras instituições de ensino, contribuindo para uma formação mais abrangente e a excelência acadêmica” disse Penildon Silva Filho, pró-reitor de Graduação da Ufba.

De acordo com a pró-Reitora de Ensino de Graduação da Uneb, Káthia Marise Borges Sales, a parceria permitirá aos estudantes um percurso mais flexível e autônomo em sua formação acadêmica. Ela falou sobre as ações e convênios que são promovidos visando à mobilidade estudantil, ressaltando a parceria já existente entre as quatro universidades estaduais da Bahia.

A iniciativa tem como objetivo diversificar os tempos e espaços de aprendizagem e de formação; ampliar a percepção e os processos de construção do conhecimento; permitir aos graduandos, em trânsito, a possibilidade de integralização do currículo; intercambiar o conhecimento construído nos cursos de graduação das instituições de ensino signatárias; e consolidar conhecimentos acadêmicos com vistas à formação profissional. A partir da publicação no Diário Oficial da União, o convênio terá validade de cinco anos, com possibilidade de renovação por igual período.



Notcias Relacionadas

  • Grupo de Direito Penal Internacional da Ufba representará Brasil em Haia

  • Diretora da Edufba vence prêmio internacional de editores universitários

  • Pint of Science leva cientistas a bares para conversar com o público

  • Metade dos cursos da Ufba avaliados pelo Enade tem conceito máximo

  • Ufba adota cotas nos cursos de pós-graduação

  • Ufba e PM-BA firmam convênios que visam ampliar segurança da comunidade universitária

  • Tese sobre mecanismo de defesa ativado pela leishmaniose ganha Prêmio Capes- Interfarma de Inovação e Pesquisa

  • Laboratórios compartilhados no Instituto de Física já atraíram R$ 23 milhões em financiamentos

  • XXII Bienal de Música Brasileira : nove compositores da Emus/Ufba terão suas obras inéditas em evento

  • Ciência da Informação: Ufba reúne pesquisadores e programas de pós graduação de todo país

  • Carro de corrida feito por alunos da Ufba vai participar da Fórmula SAE

  • Resíduos de óleo vegetal coletados na Ufba vão servir à produção de biodiesel

  • Imposto de Renda 2016: declaração pode ser feita gratuitamente na Ufba até 28 de abril

  • Ufba promove ciclo de debates sobre Crise e Democracia

  • Ufba abre processo seletivo para indígenas aldeados e quilombolas


  • ComentriosComentar Notcia
    lLPGujpni
    01/03/2017 01:56
    Den var utrolig vannkrsejøkker godtat den betyrmye for degta godt varepå den,den er full avgamle gode minner ...!god mandagskveld til deg moaklem klem
    Paula Dias
    02/01/2017 20:15
    Parceria linda! Vai trazer muitos benefícios para os/as estudantes de ambas instituições.
    PUBLICIDADE




    PUBLICIDADE