Fórum da Proteção Animal da Bahia discute proibição da vaquejadaBahia    Imprimir

07/11/2016 00:00
Fórum da Proteção Animal da Bahia discute proibição da vaquejada
Audiência pretende esclarecer dúvidas sobre decisão do STF

Redação CM 3 comentrios          

Esclarecer dúvidas sobre os efeitos práticos da decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em considerar a vaquejada inconstitucional, suas causas, efeitos, punições e inconstitucionalidade cometidas pela prática, é o objetivo proposto pelo 1º Fórum da Proteção Animal, que acontece no domingo (13) em Salvador.

O evento, que será realizado na Faculdade Visconde de Cairu, nos Barris, reunirá expoentes do Direito e da Proteção Animal da Bahia, a exemplo da advogada, e vereadora reeleita por Salvador, Ana Rita Tavares (PMB); a juíza de Direito, Ana Conceição Barbuda; a veterinária e especialista em Bem Estar Animal, Ivana Costa; o presidente da União de Entidades Protetora dos Animais da Bahia (Unimais), Carlos Ferrer, entre outros. 

Para Ana Rita Tavares, considerada a principal referência da proteção animal no estado, a realização desses eventos nos municípios desrespeita não somente a decisão do STF, mas fere a Constituição. “É importante salientar que, ao ser autorizada tal prática por gestores públicos em suas cidades, estes estarão compactuando com tal ilegalidade e poderão ser responsabilizados criminalmente. Este evento é também um alerta a prefeitos e governadores, que ainda têm dúvidas sobre o entendimento da maior corte de justiça do País”, frisa.

Segundo Carlos Ferrer, o Fórum pretende reunir representantes de 72 ONGs de proteção animal que integram a Unimais, criada por Ana Rita em 2011, antes mesmo de se tornar vereadora. "O intuito é fazer um grande evento para fortalecer o nosso movimento de combate à realização das vaquejadas, alertando também os prefeitos para as consequências jurídicas que advirão para eles, caso apoiem e fomentem essa prática primitiva já proibida pelo Supremo”, alerta.
 

Serviço

O Que: 1º Fórum da Proteção Animal

Quando: domingo (13) de novembro de 2016

Onde: Auditório da Faculdade Visconde de Cairu, Barris, Salvador-BA

Evento gratuito com emissão de certificado

Mais informações: Whatsapp (71) 99198- 9116 



Notcias Relacionadas

  • Emenda constitucional que autoriza vaquejadas é promulgada pelo Congresso

  • STF nega pedido de liminar do deputado Ricardo Izar para barrar PEC da vaquejada

  • Ato nacional contra a vaquejada mobiliza protetores de animais em Salvador

  • Rede Record aborda polêmica das vaquejadas na madrugada desta sexta

  • OAB Bahia discute proibição da vaquejada pelo STF

  • Polêmica da proibição da vaquejada é debatida na TV Assembleia

  • Brasília: Ana Rita Tavares representa proteção animal da Bahia em Audiência Pública

  • Vereadora de Salvador classifica vaquejada como "circo de horrores" e elogia STF ao proibir prática

  • Supremo Tribunal Federal considera vaquejada ilegal


  • ComentriosComentar Notcia
    MANDUr4mL
    01/03/2017 05:55
    I like to party, not look arecilts up online. You made it happen.
    Robertino Silveira
    08/11/2016 09:18
    O olhar do pacato boi sofrido diz tudo! Meia dúzia de pessoas se divertindo com o sofrimento animal E de uma irracionalidade do tempo da pedra
    Robertino Silveira
    08/11/2016 09:14
    Ta certa Ana Ritinha Ta certa Os primeiros passos tem q ser visionários Prum futuro melhor Parabéns. Imortal Ritinha
    PUBLICIDADE




    PUBLICIDADE