Comunicar Mais      
Aplicativo Mosquito Zero atinge marca de 1 mil downloadsGrande Salvador    Imprimir

25/10/2016 23:00
Aplicativo Mosquito Zero atinge marca de 1 mil downloads
Ferramenta é considerada a mais completa para enfrentamento do Aedes Aegypti no Brasil

Redação CM 1 comentrio          

O aplicativo Mosquito Zero, desenvolvido pelo Núcleo da Informação da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), chegou à marca de 1 mil downloads. Criado com o objetivo de registrar focos de Aedes aegypti, atualmente está disponível para denúncias nos bairros de Palestina e Itaigara. Estes são os locais com maiores índices de infestação registrados no último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa). São notificados, em tempo real, casos de dengue, chikungunya e zika vírus, e os agentes têm até 72h para responder as demandas. A meta é, em breve, adentrar mais 10 bairros de Salvador.

Desde o dia 18 de outubro, o projeto conta com estandes no Shopping da Bahia e Shopping Itaigara. O objetivo da ação é informar a população sobre a existência do aplicativo, principalmente da população local do Itaigara, local com o maior índice de infestação registrado. “Nós queremos estar mais próximos da população, de forma que possamos explicar o que é o projeto, como funciona, como podem baixar o aplicativo e nos ajudar a combater os focos”, afirma o gerente em pesquisa do Núcleo de Tecnologia da Informação da SMS, Alex Correia.

Em janeiro deste ano, a vereadora Ana Rita Tavares (PMB) acompanhada por Alex Sandro Correia, pediu 
apoio ao secretário José Antônio Rodrigues Alves para o projeto do idealizador do aplicativo. Em 2014, a iniciativa venceu o concurso Ideias Inovadoras da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), o único no Brasil aprovado no chamamento público do Ministério da Saúde para financiamento. 

Prevenção - Mais de 1,8 mil pessoas já passaram pelos estandes nos shoppings e receberam informação dos agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) sobre a prevenção contra o Aedes aegypti. No Shopping da Bahia, é possível fazer o download do aplicativo na hora – a wi-fi está liberada. Há ainda jogos interativos, que mostram formas de combater e prevenir. Nos dois shoppings, a equipe do Mosquito Zero fica de 9h até 20h. O aplicativo está disponível para sistemas Android. Mais informações sobre a nova ferramenta no 
www.mosquitozero.com.br.


Notcias Relacionadas

  • Plataforma Mosquito Zero vence competição que visa atrair investidores

  • Feira de saúde apresenta soluções para combater causas e consequências da Zika em Salvador

  • Salvador lança aplicativo de enfrentamento ao Aedes Aegypti

  • Mais de 10 países confirmam transmissão de zika por via sexual

  • Mutirão realiza exames oftalmológicos em bebês com microcefalia

  • Bahia tem 180 casos suspeitos de microcefalia em 2015

  • Brasil tem 1.248 casos suspeitos de microcefalia registrados em 311 municípios


  • ComentriosComentar Notcia
    f9EcELVveES
    01/03/2017 01:30
    Thank you, I have recently been searching for info aplxarimotepy this subject for a long time and yours is the greatest I have came upon so far. But, what concerning the conclusion? Are you sure concerning the source?
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE